Inscrições para o XXI Prêmio Moutonnée de Poesia estão abertas



Parque Rocha Moutonnée-  Salto
Os interessados poderão se cadastrar até o dia 31 de agosto.
Salto promoverá a 21ª edição do Prêmio Moutonnée de Poesia. O objetivo do evento é de revelar novos poetas, valorizar o gênero poético e incentivar talentos literários. Os interessados poderão se inscrever até dia 31 de agosto.
As categorias adulta, juvenil (de 12 a 16 anos de idade), e infantil (até 11 anos de idade) concorrem com temas livres. Na categoria especial temática, os trabalhos têm que abordar a Rocha Moutonnée como assunto.
Cada concorrente pode inscrever até dois poemas inéditos (sem publicação ou premiação, sob pena de desclassificação). Poderão participar quaisquer pessoas de todos os estados.
Cada poema concorrente deverá ser enviado em três vias digitadas, em papel formato ofício, com espaço dois e utilizando apenas uma das faces da folha. Os trabalhos deverão, também, ser gravados em CD e enviados junto às cópias. As obras deverão ser assinadas com pseudônimo; os nomes dos concorrentes não devem aparecer junto aos poemas.
A identificação do poeta (nome completo, pseudônimo utilizado, endereço, data de nascimento, RG, CPF, telefone para contato e e-mail, se houver) deverá vir dentro do envelope grande, que contém as cópias dos poemas com pseudônimo, em envelope menor, preferencialmente junto de uma via de cada poema concorrente. A falta de dados completos implica em desclassificação. Quando a divulgação e inscrição forem feitas pela escola, os dados do estabelecimento devem ser indicados.
Os trabalhos serão julgados por cinco docentes ou literatos competentes para tanto. A premiação ocorrerá no dia 5 de novembro, às 20h30, na Sala Palma de Ouro – Centro de Educação e Cultura Anselmo Duarte, em Salto. Nesta edição, o Prêmio promoverá um dia de encontro entre poetas e interessados objetivando lazer, cultura, trocas de experiências e atividades que associem poesia com outras artes. A partir das 14 horas, do dia 5 de novembro, acontecerão diversas manifestações artísticas, programadas para fazer parte do dia festivo, incluindo atividades de rascunheiros, passeios turísticos, sarau, música, exposição. Todos que desejarem poderão trazer obras próprias para expor (livros ou textos para serem colocados em varais expositores).
Prêmios
Na categoria adulta, serão oferecidos prêmio em dinheiro – R$ 1.500, R$ 1.000 e R$ 500 (1º, 2º e 3º colocados respectivamente), brindes e troféus, esculpidos em granito similar ao da Rocha Moutonnée, aos cinco primeiros colocados. Serão ainda atribuídos de 10 ou mais troféus de menções honrosas, a critério do júri.
Na categoria juvenil, serão oferecidos prêmios em dinheiro – R$ 800, R$ 500 e R$ 300 (1º, 2º e 3º colocados respectivamente), troféus para 4º e 5º colocados, além de cinco menções honrosas.
Na categoria infantil, apenas uma premiação com troféus, livros e brindes aos três primeiros colocados, bem como mais cinco menções honrosas. As escolas que inscreverem alunos classificados também ganharão troféus. Cada escola poderá participar com até 10 trabalhos.

Trabalhos que versem sobre a Rocha Moutonnée (ou que a utilizem como recurso poético) entrarão em classificação à parte e o melhor deles receberá um troféu especial e o prêmio em dinheiro de R$ 500.
Cada participante receberá apenas uma premiação.
O resultado somente será divulgado no dia da solenidade de premiação. Os trabalhos premiados serão publicados em uma antologia, juntamente com os trabalhos premiados em 2012, uma vez que a publicação é bianual.
Inscrições
Os interessados deverão enviar as inscrições até 31 de agosto para o endereço: XXI Prêmio Moutonnée de Poesia/2011 – Biblioteca Municipal de Salto (Rua Monsenhor Couto nº 127 – centro – Salto/SP – CEP 13.320-210.
Rocha Moutonnée

Seu nome divulga uma raridade geológica, única nas Américas, existente na Estância Turística de Salto: a Rocha Moutonnée, um granito cuja superfície arranhada testemunha a passagem das geleiras, na era das glaciações, à cerca de 270 milhões de anos. Ela também comprova a existência do enorme continente de Gondvana, formado pelas terras da América do Sul, África e Antártida. A rocha é tombada pelo Condephaat e fica localizada em um parque municipal especialmente criado para sua preservação.