Escritor de literatura infantil visitará escolas municipais durante a Jornada de Literatura de Araçatuba

Nos dias 10 e 11 de setembro de 2012 (segunda e terça-feiras), o escritor Gabriel Araújo dos Santos, que morou em Araçatuba por duas décadas, já foi vencedor do Concurso de Contos Cidade de Araçatuba na década de 90, estará em Araçatuba para falar com crianças de quatro escolas municipais: 
Gabriel Araujo dos Sntos, o Bié
TODOS OS EVENTOS DA JORNADA DE LITRATURA TÊM ACESSO GRATUITO.HAVERÁ CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO PARA QUEM PRECISAR DELE.
  • EMEB Profª Anna dos Santos Barros (conjunto habitacional João Batista Botelho) - segunda-feira, manhã
  • EMEB Profª Henny Ferraz Homem (Jardim Ipanema) - segunda-feira, tarde
  • EMEB Prof. Darcy Fontanelli ( Jardim Palmeiras) terça-feira, manhã
  • EMEB  Fernando Gomes de Castro (Bairro rural da Água Limpa) terça-feira, tarde

10/9 – (segunda-feira) - 20h – encontro de escritores e professores com Gabriel Araújo dos Santos - (literatura infanto-juvenil – Campinas ) – Sala 12 – Casa da Cultura Adelino Brandão – rua Anita Garibaldi, 75 – centro de Araçatuba


Biografia de Gabriel Araújo dos Santos 
Gabriel Araújo dos Santos, Bié, nasceu em Sêrro, l932, cidade histórica de Minas.  Foi criado em Peçanha, também lá nas Gerais. O pai, músico e habilidoso marceneiro, enviuvou-se quando o Bié tinha quatro anos, um parto mal sucedido. Mas o Bié não se sentiu muito sozinho, pois todo mundo o queria, o que se reflete em muitas de suas obras. A duras penas fez o grupo escolar. Iniciou-se – l948 - na carreira bancária como contínuo, e só depois dos vinte anos é que, feito o chamado admissão, entrou para o ginásio. Mas já era um autodidata, o que explica sempre fechar os semestres escolares com as melhores notas em todas as matérias, especialmente em latim e português. Foi o idealizador do primeiro grêmio literário do lugarejo, e o seu discurso de inauguração teve como tema SERVIR, baseado numa poesia de Gabriela Mistral, Prêmio Nobel de Literatura, falecida em l957. Em l958 pediu transferência para o Estado de São Paulo, e Araçatuba foi a quarta cidade que o acolheu. Aqui fez o madureza no “Cursos  Brasília”, quando obteve o certificado do Colegial, o que lhe garantiu prestar vestibular para Administração de Empresas, tendo-se graduado no Instituto Toledo de Ensino. Depois de quase vinte anos de boa convivência com os araçatubenses, viu-se transferido para Campinas, e, aposentado, passou a dedicar-se às letras, o que foi sempre o seu sonho e desejo, o respiro de seu viver, não se cansa de repetir. É casado com Daisy Battello, descendente de italianos que conheceu em sua passagem por São José do Rio Preto. Tem três filhos e duas netas.
  
VÍDEO COM ENTREVISTA DE GABRIEL DE ARAÚJO DOS SANTOS À TV DA UNICAMP